30 setembro 2009

05 dezembro 2007


"Da Teoria do Corpo ao Coração - Uma visão do Homem a partir da energia cósmica"
de Dimas Calegari
da Editorial Summus

O autor faz uma síntese das ideias de Reich sobre energia, pulsação, ondas energéticas e os bloqueios corporais. Descreve o desenvolvimento do ego infantil e as fixações corporais, emocionais e mentais das cinco defesas básicas com suas dores e qualidades essenciais. Vai além do ego, buscando a compreensão da evolução da consciência através das várias etapas da vida e propõe uma sistematização do processo terapêutico onde busca a libertação dos bloqueios corporais e a cura das feridas primárias.
"A Coragem de Amar - Princípios e Práticas da Psicoterapia das Relações do Self"
de Stephen Gilligan
da Editorial Caminhos

06 agosto 2007


"Ouse ser você mesmo"

de Alan Cohen

Editora Pensamento

10 julho 2007


"A Dinâmica do Trabalho de Grupo"

de Áurea Castilho
da Qualitymark Editora

09 julho 2007


"O Essencial no Amor"

de Catherine Bensaid/Jean Yves Leloup
da Editora Vozes

"Construindo Relacionamentos através de Dinâmicas de Grupo"

de Edson Andrade

da Editora Qualitymark

"O Cérebro Feminino"
de Louann Brizendine
da Editora Aletheia

"83 Jogos Psicológicos para a Dinâmica de Grupos"
de Sabina Manes
da Editora Paulos

24 junho 2007


"PSICOLOGIA ARQUÉTIPICA"

de James Hillman
da Editora Cultrix

"O PRAZER DE SER"

- A essência da Ecologia Humana
de Juan José Tapia
da Editora Gente

19 junho 2007

"INTRODUÇÃO AOS VERDADEIROS FILÓSOFOS"


- Os Padres gregos: Um continente esquecido do pensamento ocidental

de Jean Yves Leloup

da Editora Vozes

13 junho 2007


"BLAKE, JUNG E O INCONSCIENTE COLECTIVO"
- conflito entre a razão e a imaginação

de June Singer
da Editora Madras

NO CORAÇÃO DA PAZ



No "Coração da Paz" é uma viagem em direcção ao conhecimento interior, guiada por uma entidade ancestral do povo Shoshone resgatada pela memória da autora.
De Lori Wilson
da Editora Novo Paradigma

05 junho 2007

EXPANSÃO CRIATIVA



por uma pedagogia da autodescoberta
de Emerli Schlogl
da Editora Vozes

CATIVANDO A TERNURA



de Jacques Salomé
da Editora Vozes

"A ALMA É UM CORPO DE MULHER"



de Giulia Sissa
da Editorial Noticias

Sexo, Reich e Eu



Trabalho corporal em psicoterapia - fundamentos e técnicas
José Angelo Gaiarsa
Editora Ágora

Espelho, Espelho Meu


O uso do espelho como forma de autoterapia
Nicole Dumont
Editora Pensamento

04 junho 2007

Orgónio, Reich e Eros


A teoria da Energia Votal de Wilhelm Reich
De W. Edward Mann
Summus Editorail

03 junho 2007

Édipo


O solucionador de enigmas - O homem entre a culpa e a redenção
de Thorwald Dethlefsen
Editora Cultrix

Sísifo


Colecção "A magia dos mitos"
de Verena Kast
Editora Cultrix

O Encontro com o Self


Um comentário junguiano sobre as "Ilustrações do livro de Jó" de William Blake
De Edward F. Edinger
Editora Cultrix

Buda


Sua vida e seus ensinamentos
Osho
Cultrix Editora

Mitos Eróticos de todo o Mundo


De Shahrukh Husain
Planeta Editora

A Arte da Liderança nas Organizações do Futuro


de Rudolfo Lepri
da Ideias e Letras Editora

Terapia familiar


Mitos, Símbolos e Arquétipos
de Paula Boechat
Wak Editora

A Vida depois da Morte

De Deepak Chopra
Estrela Polar Editora

Breve Tratado das Artes da Cópula


De Al-Sayed Ibn Al-Makhzoumi
Padrões Culturais Editora

Globalização: Desafios socioeconómicos, éticos e educativos

De Marcos Arruda e Leonard Boff
Editora Vozes

Transmitir

O segredo e a força das ideias
De Régis Debray
Editora Vozes

Livro das Bem-Aventuranças e do Pai-Nosso

De Jean Yves Leloup
Editora Vozes

Corpomente


De Ken Dychtwald
Summus Editorial

Cura Profunda

A metodologia da terapai de vida passada
De Hans TenDam
Summus Editorial

11 dezembro 2006


Tantra - O Culto da Feminilidade (Outra Visão da Vida e do Sexo)
de André Van Lysebeth, da Editora Summus

O tantra vê na repressão dos valores femininos, pela civilização patriarcal, a causa oculta da crise do mundo moderno.
Aion - Estudos Sobre o Simbolismo do Si-Mesmo
de C. G. Jung, da Editora Vozes


O livro trata do simbolismo e da fenomenologia do arquétipo do si-mesmo, comparando-o com a principal manifestação religiosa do Ocidente: a figura de Cristo.
CANTO DE MIM MESMO
de Walt Whitman, da Assírio & Alvim

Nasceu em West Hills, Long Island, em 1819. Faleceu em Camden, New Jersey, em 1892.
Os seus poemas foram recolhidos em “Leaves of Grass”, livro editado, sempre revisto e aumentado nove vezes entre 1855 e 1892.
O Poeta é ele mesmo uma torrencial e envolvente biografia literária que se enreda nas plantas, pessoas, animais e todos os seres. O “eu” expande-se numa linguagem dinâmica, indiciadora de grandes horizontes, recolhendo-se de seguida ao intimismo, ao amor e aos sentimentos. E a palavra obedece a esta força criadora, ao “eu imperturbável”, como dizia o poeta, nomeando as coisas num “acto inaugural de grande revelação”. A poesia torna-se acto de conhecimento fazendo do “eu” o coração do Universo e do Universo uma vasta rede de objectos e de seres. Recusa a tradição e a norma. Whitman, o grande e o primeiro poeta da América, contribui declaradamente para a sua afirmação radical e democrática. “Canto de Mim Mesmo” constitui o mais longo poema de “Folhas de Erva”.
O Meu Coração é Árabe - Poesia Luso-Árabe
de Adalberto Alves, da Assírio &, Alvim

Já em terceira edição revista e aumentada “O Meu Coração é Árabe” revelou ao grande público português a sua herança poética árabe.
São trezentas páginas preenchidas maioritariamente pela lírica de quarenta e sete poetas árabes que nasceram no espaço sul do Portugal hodierno. É uma poética refinada e densa, que fala do amor, da injustiça da morte, do quotidiano. Rica na sua expansividade, densa na emoção, esta poesia é também um alicerce juntamente com a dos cancioneiros do sentir poético português.

10 dezembro 2006

Êxtase Através do Tantra
de John Mumford, da Europa América

Dr. John Mumford (Swami Anandakapila Saraswati) tem devotado a sua vida ao vasto mundo do Ioga Tântrico. Discípulo de Paramhansa Swami Satyananda Saraswati, o autor licenciou-se em Psicologia e mais tarde iniciou actividade como quiroprático.
ELE NÃO ESTÁ ASSIM TÃO INTERESSADO
Greg Behrendt e Liz Tuccillo, da Editorial Presença


"Dirigido ao público feminino, sobretudo às mulheres que continuam a arranjar mil e uma desculpas para o facto de ele não telefonar, não aparecer, não se declarar, etc., etc., etc., este livro revela-lhe o verdadeiro motivo de todos esses «esquecimentos»: muito simplesmente, ele não está interessado em si!!
Greg Behrendt e Liz Tuccillo, dois dos guionistas da aclamada série O Sexo e a Cidade, revelam, num tom satírico e frontal, todas as justificações encontradas pelas mulheres para não enfrentarem o problema e manterem relacionamentos afectivos decadentes ou mesmo humilhantes. Entre perguntas e respostas, os autores vão-lhe dando sugestões e conselhos para não voltar a cair na cantiga dele, sintetizando em pequenos quadros quais os argumentos dados pelos homens para não telefonarem ou não avançarem na relação, e o que eles realmente significam. No final de cada capítulo é-lhe apresentado um resumo daquilo que deverá ter aprendido depois de ler o capítulo em questão e alguns exercícios para saber se está ou não a fazer progressos. E porque há sempre alguém que acabará por a amar, aceite um conselho: livre-se dele e seja feliz!
Um livro divertido, e que, no fundo, se centra num único objectivo que todas as mulheres procuram verdadeiramente alcançar: o de ter uma relação estável e harmoniosa."

28 novembro 2006


E POR FALAR EM MITOS...
de Joseph Campbell / Fraser Boa, da Verus Editora

Neste livro em forma de entrevista Joseph Campbell fala sobre os mitos e sua influência em nossa vida, nos levando a jornadas distantes e oferecendo uma visão mais ampla da história.

O livro é uma conversa entre o famoso mitólogo Joseph Campbell e um analista junguiano também apaixonado pelo tema da mitologia, Fraser Boa, em forma de entrevista, oferecendo não apenas informações sobre a mitologia do mundo inteiro, mas também uma visão mais ampla da história aliada à capacidade de olhar para a própria vida, de interpretá-la e melhor compreendê-la.
Temas como: relacionamentos humanos, ritos de iniciação, casamento, sonhos, metas de vida, questões de género, as origens da humanidade, tradições religiosas, fé, amor, a questão dos deuses... e mais: como lidar com o nosso corpo, com a idade, com o envelhecimento... tudo isso vem relacionado à mitologia, cujo estudo vai despertar potencialidades que, desenvolvidas, proporcionarão uma vida rica, sólida e motivante.
TEMPORALIDADES NA FORMAÇÃO
de Gaston Pineau, da Editora Triom

O autor aborda o tema bastante polémico da relação do Tempo em suas diversas modalidades com a formação permanente, denominada por ele de cronosformação. Esta seria a explosão do tempo em múltiplas temporalidades, centrada na formação como função de evolução humana.

A cronosformação pede uma nova abordagem que leve em conta novos sincronizadores como o quotidiano, a alternância, o retorno narrativo sobre a vida.
É mostrada, também, a possibilidade de uma formação permanente que é absolutamente pessoal e intransferível, uma formação que não é nem uniforme nem telecomandada, mas depende da própria pessoa e de sua relação consigo mesma, com o outro e com o meio que a circunda.

O DESPERTAR DA ÁGUIA, O dia-bólico e o sim-bólico na construção da realidade
de Leonardo Boff, da Editora Vozes

O presente livro prolonga o anterior, "A águia e a galinha", e mostra como a dimensão-águia e a dimensão-galinha, ou também o sim-bólico e o dia-bólico, entram na estruturação do universo, da história e da pessoa humana.
Um livro que ajuda o ser humano a ser plenamente humano.
NORMOSE: A PATOLOGIA DA NORMALIDADE
de Pierre Weil, Jean-Yves Leloup e Roberto Crema, da Editora Verus

Somos normóticos quando possuímos opiniões, atitudes, Normose: a Patologia da Normalidade comportamentos e hábitos considerados normais, mas que, numa concepção doentia, não ocasionam mudanças positivas premiado para nossa evolução.
Em linguagem acessível e simples, "NORMOSE – A premiado patologia da normalidade" proporciona a Normose: a Patologia da Normalidade consciência dessa realidade, gerando o auto-conhecimento e a necessidade de superar conceitos em busca leitura da plenitude do premiado nosso ser.
COSTURANDO AS LINHAS DA PSICOPATOLOGIA BORDERLAND
de Carlos Amaral Dias, da Climepsi Editores

“Em “Costurando as Linhas da Psicopatologia Borderland”, o autor propõe-nos um modelo teórico original sobre a patologia borderline e através da descrição minuciosa de casos clínicos dá suporte e desenvolve o seu modelo teórico e as consequentes modificações à técnica. (...) Neste livro trabalha-se sobre o que une e separa os territórios ou organizações do funcionamento mental a partir do vertex mais difícil: o da construção/desconstrução da cadeia simbólica, da formação/organização do pensamento e do não-pensamento e da relação entre percepção e pensamento.Num primeiro momento o autor convida-nos e uma reflexão aprofundada sobre as partes neurótica e psicótica da personalidade. Depois apresenta-nos magistralmente o seu pensamento sobre a patologia dos estados limite ao propor-nos uma outra formulação, que designa borderland.Através do trabalho exigente da escrita, Carlos Amaral Dias, continua a oferecer-nos através dos seus livros e artigos, respostas provisórias mas essenciais, a partir das quais podemos continuar a pensar sobre aquilo que nos interessa: o “por dentro” do ser humano, a sua misteriosa actividade mental.”
O GOLFINHO - A HISTÓRIA DE UM SONHADOR
de Sergio Bambarén, da Editorial Presença

Esta história simples que Bambarén nos propõe fala-nos de uma verdade tão profunda quanto universal. Mas, porque tantas vezes perdemos a capacidade de ver o que vida nos oferece de mágico, é sempre necessário que alguém nos lembre de novo que existem em nós dimensões mais nobres e gratificantes, como o sonho. Assim acontece com Daniel Alexandre Golfinho, o protagonista desta poética parábola. Ele escolhe seguir o seu sonho de surfista e o seu grande amor pelo vasto oceano. É uma história de coragem, de luta contra os nossos limites e as imposições da sociedade. O jovem Golfinho escolhe correr o risco de partir em busca da sua «onda perfeita». Será que a encontra? E será que essa aventura vale a pena? As respostas só o leitor poderá encontrá-las, se procurar com o coração.

O Jardim e a Primavera - A História dos Quatro Dervixes
de Amir Khusru, da Attar Editorial

O título original deste livro - O Jardim e a primavera - (Bagh o Bahar), é uma chave simbólica par sua compreensão. Quatro dervixes narram suas histórias, buscando realizar o desejo de seus corações. Em suas aventuras, encontram um misterioso cavaleiro verde que os guiará nesta busca. Trata-se de uma alegoria do despertar e florescimento da busca espiritual.
Quando o grande mestre sufi do século XIII Nizamuddin Awliyya ficou doente, seu discípulo Amir Khusru, eminente poeta persa, recitou-lhe esta alegoria sufi. Recuperado, para assinalar este acontecimento, Nizamuddin depositou a seguinte bênção sobre este livro: "Aquele que ouvir esta história, pelo poder divino, terá saúde".É bastante difundida a crença de que a recitação deste conto restabelecerá a saúde dos enfermos. As dimensões alegóricas das aventuras de dervixes aqui contidas são parte de um sistema de ensinamento que prepara a mente do buscador da verdade para a iluminação espiritual.
ALÉM DO MEDO
de Mary Carroll Nelson, da Editora Fisus Ltda.

Neste livro penetrante e bem fundamentado, o médico Don Miguel Ruiz compartilha o seu extraordinário conhecimento místico, o que é a tradição tolteca e mostra, passo a passo, como aqueles que hoje buscam o espírito podem passar por uma transformação similar. A autora Mary Carroli Nelson apresenta a história da vida de Don Miguel Ruiz, sua prática e suas palavras. Aqui existe conhecimento para levar os seres humanos além do medo em direcção a um estado de completa liberdade espiritual e emocional.
A tradição tolteca é um modo de vida e não apenas um modo de conhecimento.
DISTÚRBIOS NEUROLÓGICOS ADQUIRIDOS
de Karin Zazo Ortiz, da Editora Manole

Distúrbios Neurológicos Adquiridos - Linguagem e Cognição aborda o estudo do cérebro e sua relação com a linguagem, em que se destacam a importância e a activação de várias áreas cerebrais no processamento da linguagem; discute a relação entre as diversas áreas corticais e subcorticais com o processamento da compreensão e da expressão e da expressão linguística na comunicação humana. Aborda, ainda, a relação entre linguagem e cognição. Nesta obra, são ainda fornecidos conhecimentos, quanto à identificação e terapia de distúrbios da linguagem decorrentes de acidente vascular cerebral, traumatismo craniencefálico e demências, sendo abordadas as possibilidade na avaliação e intervenção fonoaudiológicas nas afasias, dislexias e agrafias adquiridas.Este livro destina-se a todos os estudiosos da linguagem normal e seus distúrbios, uma vez que apresenta temas de grande relevância para ampliar o conhecimento não só dos fonoaudiólogos que actuam nos distúrbios de linguagem adquiridos por lesão cerebral, mas também de profissionais, audiologistas, psicólogos, psicopedagogos, neurologistas, psiquiatras, pediatras e outros estudiosos da linguagem e das funções mentais superiores.
ORAR COM O CORPO
de Carlos Rodrigues Brandão, da Editora Verus

O livro presenteia os leitores com poemas-prece - verdadeiras reflexões que, desenvolvendo-se nos diversos momentos do dia, inspiram o leitor a voltar-se para si mesmo, a estender os olhos para o outro, a superar-se para visualizar o Outro. Sensível, delicado, forte, vigoroso, denso, simples, genuíno, autêntico, o autor consegue harmonizar todas essas características nas mensagens que enternecem pela sua verdade, pelo seu realismo, por seu ritmo inspirador. Com o dia dividido em doze partes, do amanhecer ao crepúsculo, passando também pelo meio do dia e pela alta noite, os poemas de Carlos Rodrigues Brandão são, conforme as próprias palavras do autor, "pequenos preceitos ao redor do verbo que lhes dá um nome". Os 57 poemas de Orar com o corpo têm cada um, no título, um verbo. Sonhar, Amar, Conhecer, Despertar, Matar, Descobrir, Envelhecer, Chorar... "Cada poema é um fruto cujo gosto só se conhece depois de mordido".
HASSAM E A SERPENTE ENCANTADA
Autor desconhecido, das Edições Dervish

Um leão feroz, uma princesa enfeitiçada, transformada em serpente e um jovem pobre, corajoso e cheio de boas intenções. Talvez estes personagens não fossem capazes de compor um bom conto. Ou pelo menos não um conto diferente dos demais. Pois quem já não ouviu histórias com personagens semelhantes?Mas Hassam e a Serpente Encantada, apesar de contar uma história já contada antes em qualquer lugar do mundo onde hajam pessoas dispostar a ouvir, nos enleva, nos encanta e nos transporta, nos tapetes mágicos da vida, pelo menos a lugares onde talvez precisemos ir.

20 novembro 2006

A ARTE DA MASSAGEM INDIANA
de Mary Atkinson, da Editora Manole

A massagem indiana é uma tradição antiga ainda praticada por muitas famílias na Índia moderna. Esta técnica está A tornar-se cada vez mais conhecida, por causa dos diversos benefícios que proporciona à saúde e à beleza, tanto a curto quanto a longo prazo.
Entre esses benefícios estão:
- Alívio das dores de cabeça, do cansaço nos olhos e das dores provocadas pela tensão;
- Combate à ansiedade e à depressão branda;
- Crescimento de cabelos mais fortes e saudáveis;
- Aumento da criatividade, da clareza nos pensamentos e da concentração;
- Melhoria nos padrões do sono;
- Liberação de endorfinas do “bom humor” na corrente sanguínea.

Mary Atkinson escreve sobre saúde e condicionamento físico há vinte anos e é autora de treze livros.

06 março 2006

O TÚNEL E A LUZ
de Elisabeth Kübler-Ross, da Editora Verus
O que há de tão misterioso no momento da morte? O que sentem e vêem as pessoas que já tiveram a experiência de quase-morte? Como lidar bem com a idéia da finitude da vida? Como ajudar efectivamente as pessoas que estão morrendo?
Estas questões, entre muitas outras, são assunto deste excepcional livro de Elisabeth Kübler-Ross, médica psiquiatra que dedicou toda a sua vida ao trabalho com doentes terminais. É com amplo conhecimento, com profundo respeito e extremo amor que ela relata diversas experiências de quase-morte reais, extraordinárias e muito humanas.
Mais do que simplesmente tocar o leitor, despertando-lhe a curiosidade e a sensibilidade, "O túnel e a luz" ajuda a reflectir sobre a melhor maneira de viver, enquanto o leva a reconciliar-se com a ideia da morte.
Trata-se de um livro desvinculado de qualquer credo religioso, que mostra, de maneira sábia, os motivos para não se temer a morte e viver em plenitude.
Compilado das gravações de palestras proferidas por Elisabeth Kübler-Ross em vários países, possui uma linguagem agradável e coloquial, com textos que mexem com a alma.
AS SANDÁLIAS DO MESTRE, Em torno do sufismo de Ibn Quasî nos começos de Portugal, de Adalberto Adalberto, da Hugin Editora
Qual é a verdadeira essência do Islão? É ele belicista? Será compatível com a “Modernidade”? Que papel desempenhou na formação da Nacionalidade? É o Islão estranho ao Mundo Ocidental?»
Destas e de muitas outras questões fundamentais se ocupa a presente obra de Adalberto Alves na perspectiva do esoterismo Islão; estudo tão aguardado - e, arriscamos dizer, tão útil e necessário para se compreender as questões mais profundas, e não meramente aparentes ou superficiais, intrínsecas aos acontecimentos verdadeiramente problemáticos que marcam a actualidade mundial.
ANATOMIA DO ESPÍRITO
de Caroline Myss, da Sinais de Fogo Editora
Baseado em muitos anos de investigação na medicina energética, Anatomia do Espírito demonstra como toda a doença corresponde a um padrão de tensões emocionais e psicológicas, convicções e atitudes que influenciaram as zonas correspondentes do corpo humano.Anatomia do Espírito apresenta também o modelo inovador da Dra. Myss dos sete centros corporais de poder espiritual e físico, nos quais sintetiza a antiga sabedoria de três tradições espirituais – os chakras hindus, os sacramentos cristãos e a Árvore da Vida da Cabala – para demonstrar as sete fases através das quais toda a gente tem de passar na busca da consciência superior e da maturidade espiritual.

26 fevereiro 2006

“Sexo: tudo que ninguém fala sobre ele”, de José Ângelo Gaiarsa, da Editora Ágora
Tudo que o terapeuta José Ângelo Gaiarsa pesquisou, viveu, pensou e ensinou sobre sexualidade humana — ao longo dos seus mais de 50 anos de actividade profissional — está no livro "Sexo: tudo que ninguém fala sobre ele", editado pela Ágora. Nessa obra histórica, Gaiarsa fala do tema com bom humor, revelando aquilo que as pessoas sentem, pensam e imaginam. Palavras que, em geral, não são ditas, já que a educação sexual ficou relegada à forma impessoal com a qual a televisão, as escolas e a família lidam com o assunto. Eterno apaixonado pela vida, aos 84 anos, Gaiarsa prega um conceito simples, mas que muita gente ignora: o sexo não tem a ver só com os órgãos sexuais, tem a ver com o corpo e com o mundo em que se vive. Em suma, a relação sexual não existe se não houver relação pessoal.
Por isso, diz Gaiarsa, um dos principais objectivos do livro é tornar as pessoas mais verdadeiras em tudo o que se refere ao sexo, seja com o eventual parceiro ou parceira, seja nas declarações públicas. "Com sinceridade, as pessoas têm de dizer: ‘sinto assim, faço assim, gosto assim, não sei se gosto sempre da mesma forma, da mesma pessoa, de uma só pessoa, se amo o tempo todo ou para sempre’", diz o terapeuta.

Para expor seus pensamentos, Gaiarsa não se furtou inclusive a contar a trajectória da própria vida sexual, nem sempre glamorosa. "A sexualidade não falada ou mal falada na família e em público deformou minha personalidade e minha sexualidade, exigindo depois anos e anos de busca, de medo, de culpa, de vergonha, de frustração e de depressão". Nesse modelo e exemplo, garante o terapeuta, o leitor encontrará muito de si mesmo.
"A sexualidade é a melhor escola social de hipocrisia, de mentiras e de omissões, todas apreendidas em família, segundo nossas sagradas tradições.
Gaiarsa lembra que sem o corpo o amor é uma abstracção. "Filio-me decididamente aos que acreditam que o amor verdadeiro tem de vir de baixo para cima e não o contrário. De baixo para cima quer dizer do sexo, profundamente experimentado, do erótico (da pele, do contacto físico), dos movimentos (da dança que nos anima) subindo então — e depois — até o cérebro, aquecendo o coração no caminho....", afirma em um dos trechos do livro.
Outro motivo que levou o terapeuta a escrever o livro foi a disseminação da Aids. Segundo ele, foi preciso aparecer uma ameaça mundial e mortal para que as sociedades começassem a reconhecer publicamente que a sexualidade existe. "No entanto, a mídia mundial repete incansavelmente o refrão "de que não existe mais repressão sexual". Comentarei esse refrão em vários trechos do livro, apontando como a repressão continua a existir e quais as suas formas "modernas". Aliás, nem tão modernas".
Com mais de 25 livros editados, o médico e escritor José Ângelo Gaiarsa é conhecido pelas suas posições polémicas. Paulista de Santo André, formado pela Faculdade de Medicina da USP (1946), é um dos mais respeitados psiquiatras de São Paulo.